Leandro Lyra fala sobre a situação da Previdência no Município do Rio de Janeiro

Eu, como representante do NOVO 30, tenho o compromisso de levar ao Plenário as demandas por uma Administração Pública mais eficiente e racional. Não raro, isso representa um alto custo político, o que fica evidenciado pelas vaias ao meu posicionamento.

A bancada do PSOL na Câmara, através da Frente Parlamentar em Defesa da Previdência Municipal, presidida pelo Vereador Paulo Pinheiro (PSOL), promoveu uma Audiência Pública sobre o tema. Ouvi discursos de que o rombo da Previdência é uma farsa e de que mudanças em sua estrutura não passam de agressões, ataques a direitos.

Mas, ora, é preciso colocarmos os pés no chão! A Previdência, da forma que está, é deficitária e não podemos mais adiar o debate!

"Não se pode negar a necessidade da reforma, porque a demografia e o tempo não respeitam as vontades."